Sobre a Associação DFDown

Uma entidade civil sem fins lucrativos, constituída por pais, familiares, profissionais, estudantes e amigos de pessoas com síndrome de Downs. Com sede em Brasília no endereço CRS 507, BLOCO B, LOJA 67 – BRASÍLIA/DF – W3/W2 – ASA SUL, a Associação DFDown está de portas abertas.

O que queremos?

Contribuir para a formação de cidadãos felizes, saudáveis, educados, independentes, produtivos e incluídas na sociedade.

Como chegar lá?

  • Colhendo e disseminando informações sobre a síndrome de Down.
  • Orientando pais, profissionais de saúde e de educação sobre terapias, aprendizagem, questões de saúde e comportamento.
  • Conscientizando a sociedade a respeito da necessidade e do direito à inclusão de todas as pessoas.
  • Informando sobre os direitos das pessoas com deficiência e orientando sobre a forma de garanti-los.
  • Divulgando realizações e conquistas alcançadas pelas pessoas com síndrome de Down.
  • Promovendo a educação inclusiva.

O que é síndrome de Down?

A síndrome de Down é uma alteração genética ocasionada pela presença de um par extra do cromossomo 21, nas células do organismo. Por isso também é conhecida como Trissomia do Cromossomo 21. A síndrome foi descoberta por Sir John Langdon Down em 1886 e a alteração cromossômica foi descoberta pelo Prof. Jérome Lejeune em 1959. Vem necessariamente associada a um comprometimento intelectual e a uma hipotomia, a redução do tônus muscular. Clique aqui para saber mais.

Características

  1. Hipotonia – flacidez muscular;
  2. Comprometimento intelectual – a pessoa pode aprender mais devagar;
  3. Fenótipo – aparência física (traços faciais pequenos, olhos amendoados e separados, entre outros).

A Síndrome de Down hoje

Pessoas com síndrome de Down têm apresentado avanços impressionantes e rompido muitas barreiras. Vemos pessoas com síndrome de Down trabalhando, vivendo sozinha, se casando e chegando às universidades.

Expectativa de Vida

Devido aos avanços da medicina, que hoje trata problemas médicos associados à síndrome com relativa facilidade, a expectativa de vida de pessoas com síndrome de Down vem aumentando incrivelmente nos últimos anos. Atualmente, é cada vez mais comum pessoas com síndrome de Down chegarem aos 60 ou 70 anos.

Inclusão

O maior desafio da síndrome de Down não é a hipotonia nem o comprometimento intelectual. O maior problema da síndrome de Down é o preconceito.
A melhor forma de desfazer o preconceito é promover a inclusão de TODAS as pessoas com síndrome de Down na família, na escola e na sociedade.